Dentre as ferragens para móveis, um dos acessórios de maior importância para um projeto são os puxadores. É através deles que o consumidor interage com o produto, seja para abrir ou fechar uma gaveta, uma porta ou um compartimento qualquer.

Como vimos no post “Problemas do uso de ferragens de má qualidade que você pode evitar”, a escolha dos puxadores não deve ser negligenciada, pois é uma peça que estará em uso constante, portanto precisa dar a segurança e a solidez que o consumidor espera. E para ter maior eficiência na escolha, é interessante observar a finalidade do móvel. Por quem será utilizado e em qual cômodo.

Confira abaixo como escolher os melhores puxadores para móveis conforme o cômodo da casa e a sua usabilidade:

Cozinha
A cozinha é o ambiente onde há maior circulação de pessoas em uma residência. Assim, os armários e móveis desse cômodo acabam sendo os mais utilizados, o que exige muito dos puxadores, principalmente nos quesitos segurança e durabilidade. Para aguentar o uso diário, os puxadores de cozinha devem ser fabricados em materiais resistentes como o aço ou zamak.

Já na parte estética é preciso estar atento a usabilidade da peça. Pois os puxadores para cozinha ficam sujos e molhados frequentemente. Para evitar problemas com o consumidor final, uma boa dica é apostar em modelos maiores que possibilitem uma melhor “pegada” mesmo úmidos. Também é aconselhável que eles sejam lisos e sem frisos, pois isso facilita a limpeza, evitando o uso de materiais agressivos.

Sala
Diferentemente da cozinha, a sala é onde as pessoas vão para descansar ou ficar com amigos e familia. Dessa forma, o consumidor tem menos interação com os móveis ali presentes. Assim, em móveis para a sala pode-se investir um pouco mais no design da peça, sem medo de interferir na sua usabilidade.

Não existe uma indicação única para esse tipo de puxador, o importante é que ele seja harmônico e resistente. Saiba mais sobre esse assunto no post “Seu produto se destaca no mercado? por que investir em ferragens diferenciadas

Em móveis planejados para casas com muitas crianças, é interessante investir em puxadores ocultos ou embutidos. Pois além de trazer personalidade para a peça , eles não atraem a atenção. Evitando assim que os pequenos fiquem puxando as portas e gavetas ou utilizem os puxadores como apoio para subir no móvel.Timeless clean perfume

Quarto
Quanto ao quarto, a prioridade deve ser a abertura das portas. Se forem utilizados modelos convencionais (que abrem para fora), o ideal são as alças longas, que proporcionam uma pegada eficiente para pessoas de diversas alturas.

Mas se a opção do projetista for por funcionalidade e modernidade, puxadores ocultos em conjunto com portas de correr são uma ótima opção. Pois não requerem espaço adicional para a abertura, ideais para apartamentos pequenos.

Saiba mais sobre essa tendência em móveis planejados no post “Portas de Correr: a melhor solução para o setor moveleiro”.

Cuidados gerais com o puxador
– Antes e durante a instalação
– Mantenha-o na embalagem original até a hora de instalar;
– Siga o sempre o manual do fabricante;
– Utilize parafusos e colas específicos para o produto.

Diariamente
– Evite materiais que possam riscar a superfície do puxador, como esponjas de aço;
– Não utilize produtos de limpeza abrasivos e solventes, como álcool e limpadores, pois eles retiram a camada de verniz aplicada;
– Limpe a superfície da peça com um pano macio e seco, ou levemente umedecida com água;
– Após algum tempo de uso as peças podem sofrer acomodamento, sendo necessário reajustar sua fixação.

Quer saber um pouco mais sobre puxadores para móveis e outros acessórios? Baixe gratuitamente o nosso “Guia de Segurança do Moveleiro 2017”, com as principais dicas de profissionais do setor, além das tendências e inovações do mercado.